O que é a NR 25 sobre Resíduos Industriais

resíduos industriais
resíduos industriais

A NR 25 deve sempre ser consultada quando as pessoas querem saber qual destino devem ter os resíduos industriais. Por isso, é natural que você esteja curioso para saber o que ela diz, certo?

Então vem ver o texto a seguir onde eu explico de uma maneira fácil e rápida de entender.

Caso queira aprender um pouco mais sobre a norma NR 25 acesse o site da FBV Cursos e matricule-se no curso de NR 25 Básico.

Como a NR 25 define os resíduos industriais?

A Norma Reguladora 25 descreve os resíduos industriais como aqueles que são o resultado de processos industriais e incluem coisas com características em forma sólida, líquida ou gasosa ou combinação das 3.

Além disso, pode ser incluso também coisas que tenham características químicas, físicas ou microbiológicas que não se parecem com resíduos doméstico, o que inclui coisas como:

  • Borras
  • Cinzas
  • Escórias,
  • Lodos
  • Materiais alcalinos ou ácidos
  • Óleos
  • Poeiras
  • Substâncias lixiviadas ou gerados em equipamentos e instalações de controle de poluição

Podemos incluir também efluentes líquidos e emissões gasosas capazes de contaminar a atmosfera.

A fiscalização ambiental é responsabilidade do IBAMA e órgãos estaduais ou/e municipais, dependendo do tipo de atividade executada no local.

Dessa forma, a NR 25 precisa ser aplica apenas de acordo com a consulta da legislação federal, estadual ou/e municipal.

Podemos definir como resíduos industriais aqueles que tenham substâncias sólidas (ou quase), liquidas ou gasosas que tiveram origem em processos feitos em uma indústria.

Muitas vezes, estes são considerados perigosos com relação as suas propriedades físico-químicas ou que tenham ação infectuosas/contagiosas.

Podemos citar dois tipos de riscos. São estes:

  • Risco à saúde: Algo que possa levar a óbito qualquer um que esteja direta ou indiretamente ligado aos processos industriais que geraram os resíduos.
  • Risco ao meio ambiente: quando este tem um manuseio de forma inadequada ou está destinado a um lugar que provoca o meio ambiente.

O que fazer com os resíduos industriais?

O que fazer com os resíduos industriais

Desde já, é preciso mencionar a importância de ações relacionadas aos resíduos.

Estes devem ser adequadamente coletados, acondicionados, armazenados, transportados, tratados e encaminhados para a disposição final pela empresa, todas as tarefas sendo realizadas de uma forma que seja realmente eficaz e que não promova riscos.

A empresa tem a responsabilidade de fazer ao máximo para reduzir a geração destes resíduos, através de práticas tecnológicas e organizacionais que estejam de acordo com as tarefas relacionadas.

A NR 25 está relacionada também com a:

  • NR 6 – Equipamento de Proteção Individual,
  • NR 7 – Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional
  • NR 9 – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais
  • NR 15 – Atividades e Operações Insalubres.

Porém, é preciso mencionar que sua principal função é garantir a proteção de profissionais contra os efeitos da exposição a produtos químicos ou biológicos encontrados em resíduos industriais.

O mesmo se aplica a resíduos hospitalares tóxicos.

Como classificar os resíduos industriais?

Podemos classificar os resíduos de 3 formas, sendo estes:

  • Classe I – Perigosos: Substâncias inflamáveis, corrosivos, reativos, tóxicos e patogênicos.
  • Classe II – Não Inertes: Substâncias não enquadradas em “I” ou “III”.
  • Classe III – Inertes: não possuem constituintes solubilizados, de acordo com as normas da ABNT.

Além disso, precisamos mencionar que cada estado conta com um órgão ambiental que tem como funções:

  • Emitir licença ambiental
  • Emitir multa e até mesmo processar os empregadores que não mostrarem respeito pelas leis ambientais vigentes.
  • Realizar as fiscalizações

Por isso, eu lhe aconselho a consultar a Lei Ambiental em seu estado e fazer um paralelo com a Lei Federal.

Por isso, precisamos evitar sofrer as consequências de negligenciar esta tarefa tão importante.

Conclusão

Agora que você já sabe o que é a NR 25 sobre resíduos industriais, não deixe de usar este conhecimento aos seu favor, pois somente assim você conseguirá uma forma de cumprir as leis e não sofrer as consequências da negligência.

Fernando Autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *